Buscar
  • Equipe Odontosantos

Dicas e orientações para o início do tratamento ortodôntico

Olá!

O bom planejamento e a boa execução por parte do profissional são essenciais para o sucesso do tratamento. Se a causa do problema que levou você ao consultório não for investigada, dificilmente a solução correta será implementada. Se o aparelho não for bem montado e os procedimentos posteriores bem executados, o resultado final, provavelmente, não será satisfatório. Com isso, afirmo que o trabalho do profissional é fundamental para a obtenção de um sorriso harmônico.

No entanto, todo o relacionamento é feito pela interação de duas ou mais partes. Assim como na vida em geral, cada um tem suas responsabilidades e seu papel a desempenhar. No caso do cliente/paciente, está o cuidado para manter o aparelho em bom estado, ter boa higiene e seguir as orientações dadas pelo ortodontista. Quero conversar com você a respeito da sua parte, durante o tratamento ortodôntico.

Começando pela higiene, é extremamente importante manter os dentes e os acessórios ortodônticos limpos. O acúmulo de placa pode causar desde inflamação gengival, mau hálito, manchamento permanente dos dentes, cáries e culminar com a perda de um ou mais elementos dentais, quer por cárie ou por amolecimento devido a perda de gengiva e de estrutura óssea. Mas como cuidar? Vou ensinar, vamos lá:

1. Iniciamos removendo a placa acumulada entre os dentes com o fio dental ou com o uso de aparelhos que aplicam jatos de água e ar. No caso do fio dental, você vai perceber que ao tentar utilizá-lo da maneira convencional, não conseguirá por conta do arco( fio) presente no aparelho ortodôntico. Ao colocar o fio dental entre os dentes e empurrá-lo em direção a gengiva, ele irá parar no arco, impedindo de chegar onde precisamos. Contornamos este problema de duas formas:

a) Com o uso do passa-fio, uma agulhinha plástica fina que possui uma abertura em uma das pontas, onde prendemos o fio dental tal qual agulha de costura. Com o conjunto pronto, colocamos a ponta do passa-fio por baixo do arco do aparelho, da gengiva para a ponta do dente ou o contrário, dependendo da forma com a qual você se adaptar melhor. Neste momento você vai perceber que o fio dental estará por baixo do arco. Coloque-o então de forma que fique dentro da gengiva, juntinho a lateral do dente. Vá até onde for possível, sem machucar. Aperte o fio dental contra a superfície do dente e raspe-a, puxando o fio na direção da mordida. Encaixe novamente dentro da gengiva, desta vez na lateral do outro elemento. Repita o processo e pronto, este "meio de dentes" estará limpo, pronto para a próxima etapa. Faça isso com cada um dos espaços onde seus dentes encontram uns com os outros. Não fique insistindo com o fio dental no mesmo lugar, esfregando as laterais dos dentes, machucará sua gengiva e não limpará melhor;

b) Utilizando um fio dental pré-cortado, como o Super Floss, Supersoft Floss ou qualquer outro do gênero. A vantagem destes produtos é a de que já vem cortados no tamanho para uso, tendo a ponta mais rígida, para que você consiga inseri-los por baixo do arco, da mesma maneira que no caso anterior. Daí por diante é só seguir a mesma técnica. São mais práticos, porém tem um custo maior. Veja o que encaixa melhor para você. O vídeo explicativo não está exatamente como orientamos a usar, mas é válido.

Outra opção são os aparelhos do tipo Waterpik, Waterfloss e seus genéricos. Eles funcionam expelindo água em jatos, que você direciona para o espaço entre os dentes. A água geralmente fica dentro de um reservatório, e eles podem ser a bateria ou ligados diretamente na tomada. Alguns tem regulagem de pressão de saída, para que você ajuste dentro do nível em que fique confortável, mas que promova limpeza.

Vale lembrar que este é um vídeo de marketing, então não é bem assim. Use-o para remover placa do espaço entre dentes. Nas outras áreas a sua escova é mais eficiente.


2. O próximo passo é a escovação à qual você já está acostumado. A escova deve ser macia, com cabeça pequena( quanto menos dentes forem escovados por vez, melhor serão limpos) e cerdas com pontas arredondadas. Começamos com movimentos na horizontal, "mirando" o centro da escova na linha da gengiva. Esta é a região onde normalmente mais acumula placa e onde temos o maior números de problemas de manchamento e inflamação gengival. Na sequência repetimos o movimento mais próximo às pontas dos dentes. Normalmente teremos o centro, aparelho, limpo depois disso. Se você perceber que ainda há placa no aparelho, escove-o também. Com esta parte dos dentes limpa, passe para a superfície de mastigação, escovando todos os elementos. Neste momento, o local que mais fica esquecido é o final da arcada. Os últimos dentes são mais difíceis de alcançar, portanto insista um pouco mais. Por último temos a parte que nem todos lembram de escovar, que é a lateral de dentro. Incline a cabeça da escova por sobre a língua, no caso dos inferiores, ou na direção do palato(céu da boca) e escove todos eles. Atenção especial para os incisivos inferiores( dentes da frente de baixo), que por causa da curvatura da arcada, normalmente ficam com partes próximas a gengiva sem limpar.

3. Em seguida, se você for observador(a), perceberá que ainda existe placa acumulada na lateral dos brackets, logo abaixo do arco. É possível limpar com a escova normal, girando-a em um ângulo que permita acesso, porém dá bastante trabalho. O melhor é utilizar outra escova, própria para esta tarefa. Chama interdental. Basta encaixá-la por baixo do fio do aparelho, e escovar a lateral do acessório. Use creme dental e faça isso com todos eles.

4. O último passo é opcional, se você consegue ter uma boa higiene com os anteriores e se teve poucas ou nenhuma cárie ao longo dos anos. É o uso do enxaguante bucal. Pode ser qualquer um que você encontre na farmácia ou supermercado, contanto que não possua álcool e tenha flúor na formulação( aparece como fluoreto de sódio). Recomendo que faça bochecho com duração de um minuto, a noite antes de dormir. Após fazê-lo, não coma ou beba nada( nem água). Importantíssimo não enxaguar a boca após o uso dele, ok? Você perderá o efeito desta forma.

No quesito cuidados com o aparelho, os problemas mais sérios se dão pela queda dos brackets e o desencaixe ou quebra dos arcos. O aparelho ortodôntico é preso aos dentes por um material adesivo a base de resina, muito parecido com aquele que utilizamos para restaurar as cavidades deixadas pela remoção da cárie. Este material tem um bom nível de resistência, porém não é infalível. Quando um alimento mais duro ou objetos são mordidos, eles provocam uma força sobre o aparelho que chamamos de cisalhamento. É a mesma força que a tesoura usa para cortar. Alimentos "normais", feijão, arroz, carne, legumes, verduras, massas, pães, entre outros, tendem a não causar problemas. Doces, pipoca( sim, pipoca é mole, mas o milho não), aquela bordinha crocante da pizza ou do pastel não ajudam a manter a integridade do aparelho, por isso devem ser evitados. Ai você pode estar pensando: " Mas eu como bem direitinho em cima do dente, não tem problema!" Certo, você come bem direitinho até o momento em que não. Geralmente acontece em finais de semana, quando não consegue contactar o dentista, e ai vêm os problemas. O hábito de morder objetos, pelos mesmos motivos, também atrapalha. Quando o aparelho quebra, podemos não ter consequências mais sérias, mas pode haver atraso do tratamento por perda de movimentos que já haviam sido realizados. Ou feridas na boca por conta de pontas que surgem ou do próprio bracket que fica posicionado de forma anormal. Em algumas situações, o objeto ou alimento empurra o arco do aparelho, entre um dente e outro, provocando o desencaixe do mesmo, que também leva ao aparecimento de pontas que podem machucar. Dificilmente você conseguirá resolver sozinho, vá ao dentista assim que possível.

Por último, gostaria de ressaltar a importância do uso dos acessórios ou aparelhos pedidos pelo seu ortodontista. O principal acessório que utilizamos são os elásticos. São encaixados em dentes escolhidos para provocar as mudanças que precisamos. O tamanho e a espessura também determinam os movimentos que acontecerão, assim como o tempo de utilização. Para ter bons resultados, é fundamental seguir as instruções. Afinal de contas, você não escolheu passar pela experiência de usar aparelho simplesmente para tê-lo na boca, não é? O planejamento que realizamos tem por objetivo chegar nos resultados combinados da maneira mais simples, rápida e fácil. O uso dos acessórios é, muitas vezes, peça chave para isso. Ao final da fase corretiva do tratamento, chegamos no momento em que removemos o aparelho fixo e instalamos as contenções fixa inferior e móvel superior. A contenção móvel também precisa ser utilizada de acordo com as instruções. O mau uso pode levar a perda dos resultados obtidos, e todo aquele seu esforço pode ser desperdiçado. Pense bem antes de deixá-lo de lado, ok?

Algo que não mencionei antes, por que não é exatamente algo crítico para o sucesso do tratamento, é o uso da cera de proteção. Quando seu dentista instalar o aparelho ortodôntico, provavelmente dará a você uma caixinha com bastões de cera dentro. Eles servem para cobrir os brackets e diminuir os riscos do aparelho arranhar ou cortar seus lábios e bochechas. Indicamos o uso principalmente nas semanas iniciais, pela falta de resistência da mucosa. Antes de deitar, tire um pequeno pedaço de cera, suficiente para cobrir somente um bracket. Faça uma bolinha com os dedos e aplique-a sobre o aparelho. Amasse levemente para cobrir todas as pontas. Pela manhã é só escovar que elas geralmente saem. Não se assuste se algumas estiverem faltando. Não irão fazer mal. À medida em que passar o tempo, você se adaptará, e diminuirá muito as chances de sofrer cortes ou outras lesões. Mesmo assim, em caso de acontecer, coloque a cera durante o dia também, até que aconteça a melhora.

Parece muita coisa, e nos primeiros dias realmente será. Não esmoreça e vai perceber que já na primeira semana vai ter dominado todos estes passos e estará fazendo-os automaticamente. Mas se mesmo assim tiver dúvidas, entre em contato conosco pelo nosso e-mail. Está no rodapé da página. Abraços e até mais.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo